Olá maltinha!

 

Lembram-se de vos ter dito que a Lola era nova por cá? Pois, ontem sempre fui ter com ela ao seu quarto. Estava deitada e muito triste. Querem saber como foi a conversa? Aqui vai. 

 

Rosinha - Olá Lola!

Lola - Olá, quem és tu e como sabes o meu nome?

Rosinha - Eu sou a Rosinha. A enfermeira Sara é que me disse o teu nome. Como estás?

Lola - Estou triste.

Rosinha - Porquê? 

Lola- Por que será? Não vês que estamos aqui fechadas neste hospital? Ou, por acaso, não reparaste? 

 

Posso dizer-vos que a Lola não estava nada bem. Enquanto falava nem olhava para mim. Tinha-me virado as costas. Já me disseram que é muito feio virar as costas a alguém que está a falar. Mas eu não liguei muito a isso, porque a Lola não estava nada bem. 

 

Rosinha- Eu sei muito bem que estamos no hospital, mas, por acaso, já tentaste andar por aí e conhecer melhor o sítio, os meninos e as outras pessoas?

Lola - Não. Nem quero. Para quê? 

Rosinha - Posso mostrar-te os cantinhos da casa, se quiseres. 

Lola - Não quero.

Rosinha - É pena... Olha, eu vou até à sala das enfermeiras. Elas costumam estar lá para ver os papéis e conversar. Gosto de ir visitá-las porque me dão sempre miminhos. {#emotions_dlg.inlove} Então.. Até logo... 

 

E quando eu estava quase a sair do quarto, ouço-a chamar por mim.

 

Lola - Posso ir contigo? É só porque tenho de ir à casa de banho e não sei muito bem onde fica...

Rosinha - Claro! Vamos! {#emotions_dlg.happy}

 

E lá fomos nós. Eu sabia muito bem que aquilo da casa de banho era uma desculpa. Ela tinha um pouco de vergonha {#emotions_dlg.blushed} e com a desculpa da casa de banho era mais fácil para ela aceitar o meu convite. Quando passámos por lá, nem se lembrou do xixi e fomos diretamente à sala das enfermeiras. Desta vez, tive que dividir os miminhos com a Lola. Sim, porque ela também recebeu muitos. {#emotions_dlg.inlove}{#emotions_dlg.inlove}

 

E vocês, também gostam muito de miminhos {#emotions_dlg.unknown}

 

Beijinhos 

Rosinha {#emotions_dlg.rainbow}

 

 

 

publicado por Sandrine às 11:09